Como surge um novo grupo?

Resolvi procurar no dicionário a definição de grupo, e é isso que esta escrito lá:

Grupo

  1. Conjunto de pessoas ou objetos, tomados como constituindo um todo ou uma unidade
  2. Certo número de pessoas reunidas
  3. Pequena associação, em geral de índole cultural, recreativa ou desportiva
  4. BIOLOGIA conjunto de seres vivos com certos caracteres comuns que servem de base à constituição das categorias sistemáticas (espécie, gênero, família e etc.)

Ainda tinham mais alguns, mas acho que não cabem aqui serem escritos. Procurei isso com a idéia de saber o que estávamos criando, e percebi que é mais ou menos isso que o dicionário diz. Quando criamos um grupo, começamos a responder como um todo, todos viramos um, e quando viramos um cuidamos dos nossos, cuidamos do novo ser. Filosófico? Um pouco, mas nada que não possamos entender.

Não sei bem como começou, mas sei dizer como eu me integrei ao grupo. Um dia abri o meu twitter e lá estava um tweet do Claudio Kerber (@uclaudiobr) falando sobre rolês com os Geek Bikers, busquei a respeito, e vi que ele quem estava criando um novo grupo de ciclismo urbano para pessoas que tinham em comum o fato de trabalharem com tecnologia, amarem o que fazem, e que acabaram aderindo a bicicleta como transporte (mesmo que não em sua totalidade, mas que já viam na bike uma possibilidade).

Conversei com ele sobre o grupo, e logo fui convidado a participar. No primeiro passeio que fizemos, me vi em algumas pessoas, aquela vontade de aprender a usar a bike, um certo medo, mas no fundo a vontade de liberdade que gritava mais alto. Nos conhecemos, e outros passeios vieram, e junto com eles a necessidade de mostrar porque usamos a palavra “grupo”.

Confiar sua bike a um estranho, confiar talvez sua vida a um estranho (afinal quem arruma sua bike, acaba sendo o responsável por sua segurança), estar no meio do trânsito ao lados dessas pessoas também te traz segurança, entre outras coisas simples que nos fazem bem. Assim percebi que aquilo era muito mais do que apenas um passeio, era uma união que poderia levar por muito tempo, era uma relação forte de amizade.

Através desse simples post, quero mostrar o que acontece quando se está aberto a novos desafios, a novas etapas em sua vida, e porque não, a novas amizades.  Então obrigado a todos que ajudaram, e ajudam o grupo a ficar forte, e a crescer. Que novos passeios sejam feitos, e que ainda possamos derramar muito suor (que nojo!).

Vida longa ao novo grupo! Vida longa ao Geek Bikers!

Anúncios

Sobre youkaidag

Sou analista de sistemas, adoro música e video games, e acabei abraçando a bicicleta como meio de transporte. Aprendi que com a bicicleta a vida fica mais simples, mais fácil e o melhor de tudo divertida.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s